22 de maio de 2024

Atriz e cantora sergipana estreia em novelas como a dona de loja Corina Castello

Por Renata Domingues
Publicado pelo portal gshow, em 02/04/2024

Isis Broken é Corina Castello em No Rancho Fundo — Foto: Globo/Fábio Rocha

Mulher travesti, afro-indígena, sergipana. É assim que Isis Broken se apresenta cheia de orgulho. A atriz e cantora estreia em novelas em No Rancho Fundo, onde dará vida a Corina Castello. Radiante ao falar da oportunidade de dar luz a seu estado, Sergipe, Isis também destaca a importância de fazer parte deste momento em que a TV aberta dá cada vez mais visibilidade a pessoas trans.

“Estou muito grata por Corina Castello ser minha primeira personagem numa novela e me ver nessa produção é uma vitória muito significativa não somente para mim, mas para as minhas comunidades. Vou interpretar uma personagem cujo arco principal não é ser trans”, celebra.

E Isis Broken não está sozinha. Quando No Rancho Fundo estrear, no dia 15 de abril, haverá artistas trans em todas as faixas de horário da Globo: Alan Oliveira é Babbo, em Família é Tudo, e Gabriela Medeiros vive a Buba, em Renascer. “A gente está vivendo um momento histórico da TV brasileira. Em todas as novelas, em todos os horários há atores trans, e estou muito feliz de fazer parte desse movimento histórico. Estou muito feliz, muito grata.”

Como Isis detalhou acima, sua personagem, Corina Castello, é proprietária da bem-sucedida loja que carrega o seu nome, e está situada no coração da rua Vileganhon, na fictícia cidade de Lapão da Beirada. Com firmeza e praticidade, Corina trata as lojistas concorrentes como inimigas pessoais e não perde oportunidade de enganar as clientes. No entanto, para Isis Broken, Corina é, na verdade, uma sobrevivente.

“Corina é uma minivilã carismática (risos). Tem esse arco de ser uma sobrevivente. No Nordeste, a gente precisa ter esse jogo de cintura, essa sagacidade. Acho que a Corina ficou tão cansada de ser castigada pelo sol e não quis mais ser luminosa. Ela é divertida, brincalhona, sagaz, está tendo esse jogo de cintura mesmo, de ser uma mulher nordestina”, explica.

E, por falar em sobreviver no Nordeste, Isis Broken também comemora poder representar Sergipe na TV aberta e falar, em No Rancho Fundo, de um dos muitos “Nordestes que existem no Nordeste”. “Sou nordestina, mas sou de Sergipe. É um grande polo cultural, mas a gente não vê grandes nomes sendo representados na TV. Então é tão importante ter à frente desse movimento uma mulher travesti e afro-indígena. Estamos tendo uma oportunidade muito digna e revolucionária para Sergipe. É um estado que me abraçou muito e está torcendo muito por mim.”

No Rancho Fundo é uma novela de Mario Teixeira, com direção artística de Allan Fiterman. A estreia é dia 15 de abril.

Clipping LGBT+ no Instagram
Clipping LGBT+ no Threads
Clipping LGBT+ no Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *