Salvador: site recebe denúncias de racismo, homofobia e violência contra a mulher

Publicado pelo site Comunica Bahia

observatoriodadiscriminacao2O Observatório da Discriminação Racial e LGBT, órgão vinculado à Secretaria Municipal da Reparação (Semur) daPrefeitura de Salvador, já está recebendo denúncias pela internet sobre discriminação racial, injúria contra gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros (LGBT), além de casos de violência contra mulheres ou crianças.

Para informar sobre os incidentes no site do Observatório, o internauta deve acessar o site www.reparacao.salvador.ba.gov.br e clicar no logotipo ao lado da galeria de fotos. (clique aqui para acessar a área da denúncia diretamente).

Lá, o denunciante irá preencher um formulário eletrônico com nome, telefone, e-mail, endereço e enfim fazer a descrição do que aconteceu.

As denúncias também podem ser feitas por qualquer cidadão pelo telefone 3202-2700 ou diretamente na sede do Observatório, recém-instalado no Clube de Engenharia, na Rua Carlos Gomes, Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

•••

O CLIPPING LGBT TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI, CONFIRA E CURTA NOSSA PÁGINA.

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *