Fifa aplica multa de R$ 83 mil à CBF por gritos homofóbicos

Nova multa custará R$ 83 mil à Confederação Brasileira de Futebol, após gritos homofóbicos contra a Bolívia, em partida das Eliminatórias da Copa.

Publicado pelo portal Catraca Livre, em 3 de novembro de 2016

cbfNesta quinta-feira, 3, a Fifa divulgou um comunicado sobre nova punição ao Brasil por cantos homofóbicos em jogos da seleção brasileira durante as eliminatórias da Copa do Mundo. Segundo a entidade, a Confederação Brasileira de Futebol foi multada em 25 mil francos suíços (R$ 83,2 mil) após ofensas das arquibancadas contra a Bolívia, no último dia 6 de outubro, em Natal (RN).

Intolerância nas arquibancadas

Confederações de outros países também foram multadas, segundo a federação internacional: Albânia, Kosovo, Croácia, Estônia, Ucrânia, Paraguai, Chile, Argentina e Irã. As entidades foram acusadas de “atos discriminatórios e ofensivos”, os quais podem envolver homofobia e outros tipos de ofensas.

A Albânia recebeu multa de 50 mil francos suíços (R$ 165 mil) por dois casos de discriminação. A Croácia também recebeu punição de 50 mil francos suíços; Kosovo 30 mil (R$ 99 mil); Brasil 25 mil; Paraguai 20 mil (R$ 66 mil), Estônia 20 mil; Ucrânia, Chile e Argentina 15 mil (R$ 49 mil).

No caso do Irã, a multa foi de 45 mil francos suíços (R$ 149 mil) por diversas manifestações religiosas durante os jogos.

Vestindo a camisa da homofobia

Essa é a segunda vez que o Brasil é multado por conta de gritos homofóbicos em jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Anteriormente, a CBF recebeu notificação referente ao jogo contra a Colômbia, em Manaus. Na ocasião o valor foi de 20 mil francos suíços (R$ 66 mil).

•••

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A PÁGINA DO CLIPPING LGBT NO FACEBOOK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *