14 de abril de 2024

Um recluso morreu recentemente de complicações relacionadas com a AIDS e agora sua família diz que é porque os funcionários da prisão não lhe forneceram medicamentos para o HIV, relata o Los Angeles Times.

Por Felipe Sousa  
Publicado pelo portal Pheeno, em 07/02/2024

Foto: Acervo da família Overfield

Nicholas Overfield, de 38 anos, estava cumprindo pena em uma prisão do condado de El Dorado, no norte da Califórnia (EUA), depois de perder uma audiência relacionada a um caso criminal anterior (a família do rapaz não revelou a natureza desse crime ao Times). Quando a mãe de Overfield, Lesley Overfield, foi visitar seu filho nas instalações em 2022, ele parecia tão fraco que estava em uma cadeira de rodas, mal conseguia levantar a cabeça e não conseguia pronunciar uma palavra. Lesley logo entrou em ação, alertando os funcionários da prisão sobre a deterioração da condição de seu filho. Um dia depois da visita, ele foi enviado ao hospital e logo foi internado em cuidados paliativos. Semanas depois, Overfield morreu de encefalite pelo vírus varicela zoster, uma complicação relacionada à AIDS.

Quando ele foi preso, sua mãe alertou os policiais que seu filho era HIV positivo e entregou a medicação antirretroviral. No entanto, durante todo o tempo em que esteve na prisão do condado de El Dorado, Overfield não recebeu nenhum de seus remédios para HIV, de acordo com o processo movido por sua família. Os registros médicos obtidos pelo jornal mostram que uma enfermeira do hospital confirmou com uma enfermeira da prisão que ele nunca recebeu seus remédios.

“Apesar de terem sido prescritos medicamentos para o HIV a Nicholas, e apesar de terem sido informados por ele, após a sua detenção, de que precisava dos medicamentos para o VIH para manter a sua sorologia sob controle, os Réus não forneceram a medicação para o HIV a Nicholas. Como resultado direto e próximo, o HIV dele evoluiu para AIDS.”

O processo tem como alvo tanto a Cadeia do Condado de El Dorado quanto a Wellpath Community Care, uma empresa que fornece assistência médica a diversos presídios. Clarke diz que a Wellpath tem um histórico de falha no fornecimento de medicamentos para o HIV aos pacientes; algo confirmado pelo Departamento de Justiça em uma investigação de 2021. Autoridades de Wellpath e do condado de El Dorado não responderam ao pedido de comentários do Times.

Clipping LGBT+ no Instagram
Clipping LGBT+ no Threads
Clipping LGBT+ no Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *