SSP e PM da Bahia realizam reunião de GT sobre procedimentos voltados às minorias sociais

A Superintendência de Prevenção à Violência da Secretaria da Segurança Pública da Bahia participou de uma reunião no último dia 2, com um grupo de trabalho composto por oficiais da Polícia Militar da Bahia, que teve por objetivo construir um plano para recepcionar e adaptar futuros(as) Policiais Militares transgêneros(as).

O grupo de trabalho formado pelo Coronel PM Valter Menezes, Assistente Militar do Comando Geral, Tenente Coronel PM Fernanda, do Departamento de Saúde, as Capitãs PM Thais e Elma, ambas do Departamento de Promoção Social, e o Capitão PM Jodson, do Comando Geral, foi recebido pela equipe da SPREV formada pela Superintendente, a Major PM Denice Santiago, a Diretora de Direitos Humanos, Major PM Cleydi Milanezi, o Coordenador de Políticas Públicas e Mediação e do Centro de Referência Étnico-Racial Mãe Stella de Oxóssi (CRER/MSO), o Major PM Sidney Reis, o Coordenador adjunto do CRER/MSO, Capitão PM André Campos, e a Investigadora da Polícia Civil Eva Bulcão, da Coordenação de Policiamento Comunitário.

Dentro da pauta da reunião, o Grupo de Trabalho foi formalmente apresentado e demonstrou o interesse da PMBA em firmar parceria com a SPREV, outros órgãos públicos e movimentos sociais, afim de juntar as informações necessárias para a construção das estratégias de atuação, incluindo a escuta ativa de homens e mulheres trans.

Essa mudança de paradigma institucional faz parte de um processo de permanente diálogo com a diversidade da sociedade baiana, buscando adequar-se às demandas dos diferentes grupos populacionais que também integram as fileiras da corporação. Entre outras ideias sugeridas, também foi acrescentada a pauta a necessidade de formular um curso de formação para intensificar os processos de capacitação dos prepostos da PMBA para atuar junto a população LGBTQIAP+ no atendimento de ocorrência nas ruas.

A reunião foi finalizada com encaminhamentos importantes a exemplo de unir a articulação do grupo de trabalho à Coordenação de Políticas LGBT da Secretaria de Justiça Direitos Humanos e Desenvolvimento Social dos Estado da Bahia (SJDHDS).

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.