Chile condena à prisão perpétua assassino de jovem gay

Outros três envolvidos pegaram penas entre 7 e 15 anos; cabe recurso.
Morte de Daniel Zamudio agredido em parque gerou polêmica no país.

Da AFP, em 28 de dezembro de 2013.

patricioahumada

Patricio Ahumada chega ao tribunal nesta segunda-feira, 28 (Foto: AFP)

A justiça do Chile condenou nesta segunda-feira (28) à prisão perpétua Patricio Ahumada, pelo assassinato do jovem gay Daniel Zamudio, e a penas de entre 7 e 15 anos outros três envolvidos no crime.

“Condena-se ao acusado Patricio Ahumada na qualidade de autor do delito qualificado de Daniel Zamudio à pena de prisão perpétua”, disse a sentença do Quarto Tribunal Oral de Santiago.

O crime gerou grande polêmica no país.

O tribunal havia declarado os quatro culpados em 17 de outubo, após estabelecer que eles tiveram responsabilidade no brutal ataque sofrido por Zamudio, por conta de sua condição de gay, em um parque no centro da capital Santiago em março passado, segundo a investigação judicial.

Ahumada, que depois de 20 anos poderá pedir benefícios carcerários, foi considerado o líder do grupo que golpeou Zamudio até provocar sua morte.

Os outros membros do grupo eram Alejandro Angulo, Raúl López e Fabían Mora.

“É uma pena exemplar, eles vão apodrecer na cadeia”, disse Iván Zamudio, pai da vítima, após a divulgação da sentença.

A defesa dos condenados tem 10 dias para recorrer da sentença.

Fonte: G1

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/10/chile-condena-prisao-perpetua-assassino-de-jovem-gay.html

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *