UERJ realiza documentário sobre LGBT e religião.

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro produziu o recente documentário “Gays e Religião”, dentro do Programa Campus da TV UERJ. Nele, a conflituosa relação entre religiões brasileiras e diversidade sexual é analisada a partir dos depoimentos de acadêmicos, religiosos e políticos, bem como de opiniões de populares.

Além do vídeo no YouTube, também é possível acessar o documentário no site da TV UERJ, em www.tvuerj.com.br.

Share

You may also like...

2 Responses

  1. Ednice Cruz disse:

    “Jesus Cristo não fez comentários sobre homossexualidade. A Bíblia, no Novo Testamento, condena a homossexualidade juntamente com a avareza, a mentira etc. Nunca vi porém nenhuma Igreja de qualquer religião condenar com tanta intensidade mentirosos ou avarentos. Já Levítico, livro do Velho Testamento, condena homossexuais assim como determina que filhos desobedientes sejam mortos, que mulheres adúlteras sejam apedrejadas… e aí? Por que – e como? – só observar as determinações de Levítico no que tange a homossexualidade? Há que se situar no tempo e no espaço tudo que foi escrito e imposto. Se é para obedecer a Bíblia literalmente, em tudo, que as mulheres não falem em público, cubram suas cabeças com véus etc etc. Parabéns às religiões afro e ao anglicanismo que conseguem enxergar o óbvio, acolhendo a todos. Em visão, Jesus disse a Pedro: “Não tornes impuro aquele que Deus purificou.”

    • Gésner Braga disse:

      Concordo totalmente com você, Ednice! E digo mais: o oportunismo e a necessidade de se ter um bode expiatório para manter os holofotes da mídia é o que guia os critérios das igrejas sobre o que deve ser “perseguido”.

Deixe um comentário para Gésner Braga Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *