Pepe Vargas assume Secretaria de Direitos Humanos

Publicado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em 16 de abril 2015

pepevargasO ministro Pepe Vargas assumiu oficialmente nesta quinta-feira (16) a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em cerimônia de apresentação aos servidores e colaboradores do órgão.  Pepe Vargas foi nomeado para o cargo de ministro chefe da SDH/PR no último dia 10 de abril pela presidenta Dilma Rousseff.

Na solenidade de apresentação, o ministro destacou as prioridades da Secretaria de Direitos Humanos, como o diálogo com os movimentos sociais, a luta contra a redução da maioridade penal e a atualidade dos debates sobre o direito à memória e à verdade no atual contexto em que manifestantes foram às ruas pedir o retorno da ditadura militar.

“A luta do povo brasileiro ao longo dos tempos garantiu que os Direitos Humanos fossem incorporados na ordem jurídica formal. Com os governos Lula e Dilma, temos um Brasil com mais direitos ao seu povo, mas que ainda assiste todos os dias a graves violação dos Direitos Humanos, especialmente das populações mais pobres, dos negros, dos povos indígenas, das mulheres, de crianças e adolescentes, dos idosos, das pessoas com deficiência e da população LGBT”, afirmou.

Pepe Vargas ressaltou ainda os desafios na área de Direitos Humanos relacionados a diversas propostas em tramitação no Congresso Nacional. “Não podemos parar de lutar. Neste momento, nós assistimos vozes de setores conservadores que querem reduzir a maioridade penal, se opõem a criminalização da homofobia, defendem a revogação de marcos legais que permitem a demarcação de terras indígenas e atacam o direito ao trabalho decente, propondo a flexibilização das relações do trabalho”, disse.

Os ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, da Secretaria de Igualdade Racial, Nilma Lino, e a deputada federal Maria do Rosário participaram da cerimônia, além de representantes de movimentos sociais.

Perfil

Pepe Vargas (Gilberto José Spier Vargas) nasceu em Nova Petrópolis, no Estado no Rio Grande do Sul, em 29 de outubro de 1958. Aos seis anos, mudou- se com a família para Caxias do Sul, município onde reside e ingressou na política.

É casado com Ana Maria Corso e pai de Isadora e Gabriela.

Iniciou a militância política em 1974. É formado em medicina pela Universidade de Caxias do Sul. Participou da campanha para a reconstrução da União Nacional de Estudantes e da União Estadual de Estudantes.

Pepe Vargas filiou-se ao PT em 1981 e assumiu a Secretaria Geral do Diretório Municipal de Caxias do Sul em 1983. Presidiu ainda o diretório em duas ocasiões, em 1987 e 2005.

Em 1989, foi o primeiro vereador do PT eleito em Caxias do Sul. Em 1994 foi eleito Deputado Estadual. Presidiu a Comissão de Saúde e Meio Ambiente do legislativo gaúcho.

Em 1996, foi eleito prefeito de Caxias do Sul e reeleito em 2000. Em sua gestão, o município de Caxias do Sul passou a ser o melhor município em qualidade de vida do Rio Grande do Sul, segundo o Índice de Desenvolvimento Socieconômico (IDESE), da fundação estadual de economia e estatística. E ainda recebeu diversos prêmios, entre eles o de “Melhores Práticas em Gestão Local”, da Caixa Econômica Federal, e a de “Prefeito Amigo da Criança”, da Fundação Abrinq.

Em 2006, foi eleito Deputado Federal, sendo reeleito em 2010 e 2014. Presidiu a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados e a Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas. Desde o seu primeiro mandato, passou a integrar a lista dos 100 cabeças do Congresso Nacional, organizada pelo DIAP.
Em março de 2012 assumiu o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a convite da presidente da república, Dilma Rousseff, permanecendo até março de 2014, quando saiu para concorrer à reeleição.

Em dezembro de 2014, assumiu o comando da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, onde permaneceu até o dia 7 de abril de 2015.

No dia 10 de abril de 2015, assumiu a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

•••

O CLIPPING LGBT TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI, CONFIRA E CURTA NOSSA PÁGINA.

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *