Filho de casal homoafetivo causa comoção no “Altas Horas”

André Lodi, 14 anos, respondeu dúvidas da plateia sobre ter duas mães e rebateu preconceitos no programa do último sábado

Publicado pelo portal ZH, em 4 de abril de 2016

http://zh.rbsdirect.com.br/imagesrc/19135651.jpg?w=640

Serginho Groisman comanda o programa Altas Horas
(Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação)

André Lodi, 14 anos, dominou o Altas Horas do último sábado ao falar sobre sua família ao vivo. Ele tem duas mães e é fruto de reprodução assistida com doação de sêmen. Hoje, o casal está separado e ele mora com uma delas, Ana Lúcia, que também participou do programa.

André afirmou que nunca sofreu nenhum tipo de preconceito diretamente, mas que já presenciou casos com amigos seus, que também são filhos de casais homoafetivos. Ao ser questionado se sentia falta de uma figura paterna, ele respondeu:

— Todo mundo faz essa pergunta, e eu só tenho uma resposta: sim. Para me levar em jogo de futebol.

A resposta foi seguida de risadas e aplausos. Na verdade, todas as respostas foram seguidas de aplausos. Serginho Groisman se atrapalhou ao perguntar se o menino sentia vontade de conhecer o “pai”, expressão que o convidado corrigiu com “doador”.

— Nunca tive curiosidade. Minha mãe sempre deixou claro que se eu quisesse saber quem é eu iria saber, mas nunca fiz questão. Depois de duas, três vezes que ela veio falar comigo sobre isso, e eu não dei a menor importância, acho que viu que estava fazendo isso mais por ela do que por mim — declarou.

Então, uma pessoa da plateia colocou o tópico “problemas de desenvolvimento” em pauta.

— Eu acho que não tenho nenhum problema de desenvolvimento. Se tiver, por favor, alguém me fala — disparou André.

Por fim, outro participante voluntário queria saber se “foi um choque” quando “ele descobriu que tinha duas mães”.

— Eu não descobri, eu sempre tive duas mães. Eu não era de outra família e cheguei em uma família nova.

O participante insistiu: “mas quando você percebeu que tinha duas mães”. Foi quando André rebateu de forma simples e direta, com outra pergunta, e levou todos à loucura:

— Quando você percebeu que tinha um pai e uma mãe?

Assista a uma parte do programa aqui.

•••

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A PÁGINA DO CLIPPING LGBT NO FACEBOOK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *