Criolo muda letra de música antiga por ter conteúdo transfóbico

Depois da alteração, a comunidade LGBTT e muitos outros fãs elogiaram a atitude de Criolo

Publicado pelo portal O Povo Online, em 24 de maio de 2016

http://imgs.opovo.com.br/app/noticia_132346504881/2016/05/24/3616664/CRIOLO2aaa.jpg

Criolo muda letra música com termo transfóbico (reprodução)

O rapper Criolo Mudou a letra da música “Vasilhame”, do seu primeiro disco, por conta de um termo transfóbico. A versão original da música, escrita há 15 anos, diz “os traveco tão aí, oh! Alguém vai se iludir’’. Criolo percebeu o tom pejorativo da versão e substituiu os versos por “o universo tá aí, oh! Alguém vai se iludir”.

Criolo admitiu em entrevista à imprensa que quando era mais jovem não percebeu que os versos poderiam magoar alguém, mas que agora assumiu a imaturidade e mudou a letra. “Revi tudo e mudei aquilo que não tinha necessidade de ficar. Não tenho problemas em dizer que errei”, declarou o cantor.

Depois da alteração, a comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBTT) e muitos outros fãs elogiaram a atitude de Criolo. De acordo com a comunidade LGBTT, o termo ‘traveco’ é pejorativo e diminutivo, pois o sufixo “eco” pode indicar inferioridade e negatividade.

O rapper já demonstrou seu apoio à comunidade LGBTT em outros momentos. Durante um programa de televisão “ShowLivre” o apresentador comparou o rapper ao Fred Mercury e insistiu em fazer chacota com a homossexualidade do vocalista do Queen.

Criolo rebateu a atitude do apresentador e falou: “Eu acho legal. Um ícone, um baita artista. Se eu for dez por cento do que esse cara foi artista no mundo, um por cento, já tá bom pra caramba. Não vou rir. Aí parece que é defeito o cara ser homossexual. Eu não sou homossexual, mas jamais vou usar como chacota esse tema”.

Ouça o primeiro disco de estúdio “Ainda Há Tempo” com a nova versão da faixa 7 – Vasilhame:

•••

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A PÁGINA DO CLIPPING LGBT NO FACEBOOK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *