Comunidade LGBT baiana promove protesto em Porto de Sauípe, neste sábado (30)

igrejasalem

Publicado pelo site Dois Terços, em 29 de julho de 2016

Um protesto organizado pela comunidade LGBT de Porto de Sauípe, em Entre Rios, na Bahia, acontece nesse sábado (30), das 17h às 21h, contra a ação do pastor Milton França, que propagou frases bíblicas alteradas e com conotação homofóbica e incitação ao crime. O ato circulará as ruas da localidade e passará pela frente do templo religioso.

“Se um homem tiver relacionamento com outro homem, os dois deverão ser mortos por causa desse ato nojento; Eles serão responsáveis pela sua própria morte”. Essa foi a frase que o pastor pendurou na frente da igreja Templo Batista Bíblico Salém. A ação da igreja está sendo alvo de investigação do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

 

Clique nos links abaixo para saber mais sobre o caso:

Igreja na Bahia defende publicamente que gays sejam assassinados

Ministério Público investiga igreja por mensagem que sugere morte a gays

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *