Casos de HIV entre jovens aumenta mais de 50% em 6 anos no Brasil, alerta reportagem do Fantástico

aids17O Fantástico, programa dominical da TV Globo, exibiu ontem (30/11) reportagem sobre o crescimento de casos de HIV no Brasil, país que registra aumento de 53% de novas infecções entre jovens nos últimos seis anos, em contraste com a redução de 32% no mundo inteiro, entre 2001 e 2012.

A reportagem é conduzida pelo doutor Dráuzio Varela que alerta para o arriscado comportamento sexual dos jovens, motivado pela falsa impressão de que a aids é uma doença sobre a qual se tem absoluto controle.

Ao longo de 14 minutos, Dráuzio Varela acompanha relatos de pessoas soropositivas e a mudança em suas rotinas diárias, algumas delas dramáticas. Também apresenta os procedimentos e tratamentos em curso no Brasil e no mundo. O primeiro deles é o teste rápido feito gratuitamente na rede pública de saúde, sem necessidade de agendamento de horário e cujos resultados são apresentados em 20 minutos.

Outro recurso disponível na rede pública é o tratamento preventivo conhecido como profilaxia pós-exposição (PEP), destinado a pessoas que tenham se exposto ao risco de contaminação e que dura apenas um mês. Ele tem por objetivo evitar que o vírus se instale no organismo. Porém, a demanda por este tipo de tratamento é considerada baixa.

A reportagem esclarece que os antirretrovirais, medicamentos que fazem com que o vírus pare de se multiplicar, significaram um grande avanço no combate à aids desde 1996, mas que ainda sujeita o indivíduo a ficar dependente do seu uso por toda a vida, submetido inclusive a efeitos colaterais, rotina que 20% de jovens com HIV não suportam manter.

Por fim, o programa apresentou os mais recentes estudos sobre a profilaxia pré-exposição (PrEP), disponível nos Estados Unidos e em fase de teste no Brasil, que reduz em até 92% o risco de contaminação, com o uso diário de apenas uma medicação, mas que não dispensa o uso de preservativos durante as relações sexuais.

Clique aqui e confira a íntegra da reportagem.

•••

O CLIPPING LGBT TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI, CONFIRA E CURTA NOSSA PÁGINA.

Share

You may also like...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *